Ginecologistas (2.649)

Refine sua busca procurando Ginecologistas por estado

CLINICA MULHER

Bem vindo à Clínica Mulher! Dr. José Mauro Jordão Especialidades: Ultrassom Ginecologia Acupuntura Agende seu horário! (11) 4727-7347 Rua Duarte de Freitas, 333 Parque Monte Líbano Mogi das Cruzes ----------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

SP | Mogi das Cruzes

Ginecologistas

DR. BAETA

Histórico Sobre o Médico Adriano Baeta GRADUAÇÃO: FACULDADE DE MEDICINA DE BARBACENA-MG ESPECIALIZAÇÃO (RESIDÊNCIA E ESTÁGIOS) HOSPITAL SANTA MARCELINA DE ITAQUERA:GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA CONCENTRAÇÃO EM ONCOLOGIA GINECOLÓGICA E MASTOLOGIA INSTITUTO BRASILEIRO DE CONTROLE DO CÂNCER (IBCC): MASTOLOGIA Consultório Particular. - Hospital das Clínicas Luzia de Pinho Melo desde 2005: serviço responsável pelo atendimento de consultas e cirurgias em mastologia - AME (ambulatório de especialidades) 

SP | Mogi das Cruzes

Ginecologistas

CLINICA DA MULHER DR EDUARDO GALLETTO

As principais causas da Infertilidade Feminina são: • Endometriose. • Patologias nas trompas. • Infecções pélvicas. • Anovulação (falta de ovulação). • Incompatibilidade entre muco cervical e espermatozóide. • Sêmen de baixa fertilidade. • Insuficiência de Corpo Lúteo. • Idade As principais causas da Infertilidade Masculina são : • Diminuição do número de espermatozóides. • Pouca mobilidade dos espermatozóides. • Espermatozóides anormais. • Ausência da produção de espermatozóides. • Vasectomia. • Dificuldades na relação sexual. As formas de diagnósticos e tratamento para Infertilidade realizada hoje em dia é a Cirurgia de Videolaparoscopia para tratamento da: • Endometriose • Patologias tubárias • Miomectomia (retirada de miomas) • Lise de Aderências As principais técnicas utilizadas atualmente para a Reprodução Humana Assistida são: • Inseminação intra-uterina. • Indução de ovulação. • Fertilização “in vitro”. • ICSI Inseminação Intra-Uterina O objetivo da inseminação é de depositar os espermatozóides vivos, após um processo de melhoramento (preparados) dentro do útero geralmente 36 horas após a ovulação (aplicação do hCG, que é uma medicação utilizada pela mulher para que se obtenha um maior número de óvulos) por meio de um cateter flexível. A ovulação é controlada com exames de ultra-som para que se possa determinar o momento preciso da realização do procedimento. Para realizar a inseminação é necessário que a mulher possua pelo menos uma trompa saudável. Os casais que se beneficiam desta técnica são os que apresentam alterações no muco cervical, em casos de distúrbios da ovulação, na causas da existência de endometriose leve sem obstrução das trompas. No entanto a principal indicação desta técnica é nos casos de infertilidade de causa indeterminada. Na realidade, esta técnica de introdução do sêmen logo após a ovulação estimulada por hormônios tem demonstrado ser eficaz em muitos casos. Para que esta técnica tenha resultado é imprescindível que as trompas estejam desobstruídas e que a quantidade e a qualidade dos espermatozóides sejam razoáveis. Assim a inseminação depende muito da integridade funcional do genital feminino para ter um maior número de sucesso. Indução da ovulação Fertilização "in vitro" É realizada na 35ª hora da aplicação do hCG, uma punção com ultra-som transvaginal com auxilio de anestesia para captura dos óvulos. Esses são levados ao laboratório e inseminados in vitro com os espermatozóides previamente preparados, com ou sem a utilização de injeção dos espermatozóides nos óvulos (ICSI). Após 3 a 5 dias, os embriões são colocados dentro do útero por meio de um cateter flexível.

PR | Cascavel

Ginecologistas

Procure Ginecologistas por estado: